BLOODHOUND - GUIA DE RAÇAS


Bloodhound 

Guia de Raças  

Família: ScentHound
Grupo do AKC: Hounds
Área de origem: Bélgica, Inglaterra
Função Original: seguir rastros
Tamanho médio do macho: Alt: 63-68 cm, Peso: 40-49 kg
Tamanho médio da fêmea: Alt: 58-63 cm, Peso: 36-45 kg
Outros nomes: Hubert hound, Cão de Santo Humberto
Posição no ranking de inteligência: 74ª posição
Origem e história da raça

Essência do Scenthound, as raízes do Bloodhound são muito antigas. Seu ancestral mais antigo pode ter sido o St. Hubert preto, documentado na Europa do século 8. Guilherme o Conquistador é considerado o responsável por levar esses cães para a Inglaterra em 1066. No século 12, muitas autoridades da igreja caçavam com esses cães, e a maioria dos mosteiros mantinha criações dessa raça. Eles eram tão bem criados que ficaram conhecidos como “blooded hounds” (cães de sangue), uma referência ao seu sangue puro e raça nobre. Bloodhound eram conhecidos na América desde meados de 1800. Apesar de terem ganho reputação como farejadores de escravos, muitos desses cães tinham faro múltiplo. 

O Bloodhound provou ser uma das raças mais úteis, usando seu faro insuperável para localizar tanto pessoas desaparecidas como criminosos. Depois de localizar a pessoa, o trabalho do Bloodhound se encerrava, pois ele nunca teve tendências ao ataque. O Bloodhound conquistou muitos recordes de rastreamento, e houve uma época em que ele era a única raça cujas identificações eram aceitas em um tribunal. Ironicamente, o nome do Bloodhound e uma publicidade ruim assustaram muitas pessoas, que acreditavam que os cães rastreavam pessoas por uma sede de sangue. Nada poderia estar mais longe da verdade. A raça é muito conhecida por todas as pessoas, mas não é muito popular como animal de estimação. Por outro lado, ele é um cão de exposição bastante competitivo e um farejador sem igual.
 
Temperamento do Bloodhound

Com todo seu jeito calmo dentro de casa, é um rastreador incansável quando está seguindo uma trilha. Ele é forte, obstinado e independente, mas ao mesmo tempo gentil e tranquilo e extremamente confiável para conviver com crianças. No entanto, ele não é um velho cachorro preguiçoso como se conta por aí, mas um cão ativo e brincalhão. Embora não seja a raça mais fácil de treinar para tarefas de obediência tradicionais, ele é incrivelmente fácil de treinar quando a tarefa envolve seguir rastros. O Bloodhound é um pouco reservado com estranhos.
 
Como cuidar de um Bloodhound

Por ser um cão de caça, o Bloodhound precisa de uma boa dose de exercícios diários. Ele foi criado para rastrear em qualquer situação, e se estiver farejando algo é difícil pará-lo. Por isso ele precisa de exercícios em área segura. O Bloodhound baba bastante, por isso suas dobras precisam de limpeza diária. Suas orelhas caem na comida e precisam ser sempre limpas. Os canais auditivos também precisam de limpeza frequente para preservar sua saúde. Os cuidados com o pelo são mínimos, que podem ser limpos e escovados ocasionalmente. A maioria vive bem como um cão doméstico. Porém, essa raça não é recomendada para pessoas obcecadas com limpeza!
 
Saúde do Bloodhound

Principais Preocupações: ectrópio, entrópio , torção gástrica, otite
externa, dermatites, displasia de quadril displasia do cotovelo
Preocupações Menores: nenhuma
Vistos Ocasionalmente: nada
Exames sugeridos: quadril, cotovelos, olhos
Expectativa de vida: 7-10 anos

Fonte: Tudo sobre a raça Bloodhound | Tudo Sobre Cachorros http://tudosobrecachorros.com.br/2012/09/bloodhound.html#ixzz3bGTbVB1w 
Follow us: tudosobrecachorros on Facebook


Matérias