POR QUE ADESTRAR UM CÃO?

POR QUE ADESTRAR UM CÃO?

Tratando-se de épocas atuais, o adestramento e a adequação de comportamentos são de extrema importância para o bem estar e convívio com o ser humano atual.

Explico:

Os cães, como quase todos os seres vivos, já nascem “programados” com instintos dos quais são gerados impulsos genéticos e neurológicos incontroláveis e tais impulsos, que a certo momento, nos primórdios da espécie, seriam fatores primordiais para a perpetuação genética, nos dias de hoje em convívio com os seres humanos trazem desconfortos no manejo diário, eventuais acidentes de conflitos e consequentemente um “abandono em potencial”.

Ou seja, um cão que consequentemente nascer com um “espírito de liderança” muito aflorado, onde na natureza (devemos tratar como instintos primitivos) ele seria um excelente progenitor e defensor de toda sua matilha e de seu território, no convívio humano esse cão será um grande problema, pois nem todos nós, seres humanos agimos e nem compreendemos exatamente o funcionamento da psicologia comportamental canina que nos dá total condição de lidar com ela.

Exemplo:

Na natureza, cães ALPHAS (lideres natos de matilha) submetem tudo e todos ao seu redor para assim por ordem na matilha e obter controle e organização de todos os indivíduos, caso contrario seria uma grande “bagunça” no controle e divisão das “tarefas de matilha”, o que ocasionaria na não distribuição daquele material genético em questão.

Agora imaginem um cão com esses impulsos aflorados tendo que conviver com seres humanos que não detém tais conhecimentos,... Isso quase sempre se transforma em um grande desastre e uma grande frustração para ambos, pois almejamos ter em nosso animal de estimação um amigo e companheiro, e em contra partida esse cão em questão pode estar “pré-programado” a submeter e liderar, e isso irá gerar confrontos perigosos inevitáveis.

Consequências pela má compreensão dos seres humanos:

Maus tratos, confinamentos, acidentes, exposição de risco da integridade física e mental de cão e ser humano, e por fim,.... O ABANDONO!

Solução:

Profissionais qualificados poderão dar um grande suprimento de informação sobre psicologia comportamental canina para donos inexperientes, através de consultas e assessorias os proprietários de cães problemáticos poderão compreender o funcionamento desses instintos e impulsos e consequentemente obtendo conhecimento poderão lidar melhor com os problemas gerados ou até mesmo extingui-los adequando ao convívio doméstico.

Um bom adestrador também poderá proporcionar ao cão uma vida social mais ativa, ou seja, através de exercícios de obediência o cão terá a oportunidade de adequar seu comportamento a diversas situações e consequentemente terá acesso a lugares onde os maus comportados não se enquadrariam e não seriam bem vindos..... (um filho mau comportado não é bem quisto em nenhum lugar).



Matérias